Início   Bancos   Convênios                
                               
Documento sem título
Início / Noticias /Sindicatos são essenciais, aponta Papa
04/09/2017-Sindicatos são essenciais, aponta Papa

O papa Francisco, que tem adotado posições consideradas progressistas, falou, na Itália, sobre os desafios do movimento sindical. Para o Pontífice, as entidades devem inovar e proteger não só quem está inserido no mercado de trabalho, mas quem está fora dele, excluído. "O capitalismo do nosso tempo não compreende o valor do sindicato, porque esqueceu a natureza social da economia. Este é um dos maiores pecados".

O papa Francisco recebeu os delegados da Confederação Italiana dos Sindicatos dos Trabalhadores (Cisl) e discursou sobre o tema "Pela pessoa, pelo trabalho". Para o religioso, crianças e jovens devem estudar e os idosos deveriam receber uma aposentadoria justa. "As aposentadorias de ouro são uma ofensa ao trabalho, assim como as de baixa renda, porque fazem com que as desigualdades do tempo de trabalho se tornem perenes".

A declaração se encaixa perfeitamente na situação brasileira, em que o governo Temer tenta emplacar a reforma da Previdência, que aumenta a idade mínima para requerer a aposentadoria, inviabilizando o direito dos trabalhadores.

O papa definiu como "míope" uma sociedade que obriga o idoso a trabalhar por muitos anos e uma inteira geração de jovens sem emprego. Para isso, é urgente um novo pacto social para o trabalho

Bancários Bahia
   
         
 

:: Início
:: Bancos
:: Convenção
:: Convênios

 

:: Denúncias
:: Fale Conosco
:: Fotos
:: Jornal

  :: Links
:: Notícias
:: O Sindicato
:: Sindicalização
     
       
© Desenvolvido by : Agência Nego D'agua